CCXP2015: Apenas uma ideia. Quem ajudaria?

Felicity_Smoak_POP__scaled_600

Para mim não há dúvida que minha coleção está relacionada às experiências na infância. Já escrevi e comentei sobre isso diversas vezes, expondo vários exemplos pessoais que resultaram na atual configuração dos itens que tenho em exposição no meu canto do guerreiro.

Assim como eu, muitos que colecionam também brincaram exaustivamente com seus bonecos, quando garotos (ou garotas), e hoje buscam ressucitar algo do passado, quando a imaginação e a ingenuidade escondiam a dureza da vida real. Possivelmente, por causa das intermináveis batalhas no quarto e na sala de casa, em enredos impossíveis e nunca contados, com diversos bonecos e linhas diferentes, minha coleção hoje é tão misturada em escalas, fabricantes, versões, etc.

images

Na CCXP de 2014, num dos painéis com o argentino escultor Martin Canale (Sideshow), o mesmo contou que antes de assistir Star Wars, já brincava com os bonecos da franquia, roteirizando suas inexistentes biografias até o momento de sua vida. Espero que ele não tenha se desapontado com a versão oficial delas, mas o fato é que hoje, entre colecionadores, lojistas, fabricantes, distribuidores, artistas, desenhistas, e outros, temos em comum, num primeiro contato, a coleção de action figures e estátuas, induzida por um passado relacionado à questão lúdica da brincadeira com brinquedos e bonecos na infância. Seguindo por essa linha de raciocínio, a CCXP e outras pelo mundo existem por causa de pessoas, que quando crianças, tiveram acesso aos bonecos e brinquedos, os quais geraram curiosidade posterior para buscar leituras, filmes, mídias e, depois de adultos, colecionáveis.

10352587_1502935516652582_4601015347122401897_n

A teoria, maluca ou não, que tento desenvolver aqui, é que boa parte do comportamento nerd, incluindo seu mercado e relacionamentos, pode ter sido gerado por causa de um simples boneco (ou alguns), recebido de presente no início de nossas vidas, utilizidado como ferramenta para fomentar nossa imaginação e gerar interesse por outros temas e produtos relacionados, culminando no que vivemos hoje. No caso da maioria das mulheres, esse sentimento nerd, geek ou qualquer outro relacionado não é tão forte, exatamente pela diferente experiência, longe dos fantásticos contos inventados pelos meninos, durante suas brincadeiras com “hominhos”.

  iraprb1

Nós colecionadores talvez sejamos as pessoas mais sensíveis em identificar o quanto um boneco é importante na infância de uma criança, independentemente da origem e cotidiano. Não importa a biografia oficial do personagem, mas o fato de ter um personagem em mãos, para desenvolver algo que está dentro da maioria das pessoas do nosso meio. Mesmo quando adultos e da “vanguarda do colecionismo”, criamos nossas proprias estórias nas prateleiras e expositores, salientando o quanto esses totens são importantes para todas as idades.Sendo assim, tomando as considerações anteriores, fico pensando quantas crianças hoje não tem acesso a um boneco, para brincar, exercitar sua imaginação, provocar a leitura e gerar interesse por outras mídias relacionadas, responsáveis também, forçando um pouco a barra, na formação de caráter quando adultos. Como é e será triste, o presente e o futuro dessas crianças, sem as fantásticas referências do passado, o qual lembramos com tanta nostalgia, cada vez que encaramos nossas coleções.

secret-wars-toys-is-marvel-heading-towards-something-even-bigger-than-civil-war

Como estamos muito próximos da próxima CCXP, onde estaremos mais uma vez desenvolvendo nossos painéis e sorteios, dentro da arena Piziitoys, imaginei uma situação hipotética, contando com os amigos e colegas colecionadores, na qual coletaríamos bonecos usados ou novos, no evento, para posterior doação numa casa de caridade, um pouco antes do Natal. Caso tivéssemos uma boa adesão, via compartilhamentos e envolvimento, seria necessária organização para arrecadação, estocagem e transporte, além da autorização do evento para realização.

Apenas uma ideia, que traria felicidade para muitas crianças e, quem sabe, futuros adultos para nosso time de colecionadores e amigos. Quem ajudaria?

He-Man

Comments

comments

About Author

Alessandro Venturelli

Criatura mutante da era atômica que usa crocs com meia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: